segunda-feira, 5 de julho de 2010

Muda Maranhão!

Foto de Felipe Klamt


A inscrição da coligação "Muda Maranhão" tendo Flávio Dino candidato a governador foi a primeira grande derrota de Roseana Sarney desde 2006. Todo o esforço da máquina oligárquica daqui e de alhures foi mobilizada para tentar impedir que o candidato do PCdoB se lançasse ao governo.

Tentativas de cooptação, compra de aliados, chantagem política a prefeitos, chegaram mesmo a ir até ao presidente Lula - a figura política mais popular da história recente do nosso país - na tentativa de desestabilizar a candidatura de Dino. Até a última hora os fâmulos da oligarquia mentiam escrevendo que Dino não seria candidato. Mas tudo foi em vão. Só o que conseguiram de efetivo foi fortalecer e divulgar o nome do comunista como o adversário mais temido por Roseana.

Flávio Dino aparece em diversas pesquisas com algo em torno de 15% nas intenções de voto. É um altíssimo patamar de largada uma vez que nas eleições municipais começou com 3% e chegou ao segundo turno. Além disso, reúne em torno de si uma militância aguerrida, uma sólida plataforma política e, acima de tudo, uma candidatura "ficha limpa".

Contra todos os prognósticos, contra as máquinas da oligarquia, contra as criaturas medonhas, Flávio Dino e seus aliados combateram e venceram a primeira batalha, impingindo séria derrota aos planos continuístas de Roseana Sarney.

Por trás do registro formal dessa candidatura está a necessidade de mudança e transformação que o sofrido povo maranhense tanto quer. É das profundezas das forças sociais que vêm a força que move a candidatura de Flávio Dino.

Mais uma vez os poderosos irão aprender que é o povo que faz a história e que vai dizer 'não' ao continuísmo e 'sim' a mudança.

"Muda Maranhão"!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após moderação.