quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

E o Nobel da Paz vai para...


Barack Obama, o presidente da maior nação imperialista do globo, que em seu discurso disse que as pessoas devem aceitar "uma dura verdade" de que a violência não pode ser erradicada e as nações às vezes devem financiar a guerra para proteger seus cidadãos de regimes repressivos e grupos terroristas.

Com essa "verdade" está, portanto, justificado o apoio ao golpe de estado na Nicarágua...

O envio de mais soldados, tanques, aviões e bombas incendiárias ao pobre e sofrido Afeganistão...

A recusa em deixar o petróleo e as terras iraquianas...

A recusa em diminuir a poluição no planeta...

O apoio e incentivo a segregação racista dos Palestinos em "guetos"...

A justificativa para instalar sete bases militares na Colômbia, ameaçando a Amazônia brasileira...

O argumento para rearticular a quarta frota naval e ameaçar os recursos do pré-sal brasileiro.

Esse é o mundo insólito e contraditório regido pelas forças políticas dos liberais imperialistas. Essa é a "nova ordem mundial" que os grandes oligopólios e seus sócios menores tanto querem que seja o futuro da humanidade. Para os norte americanos é: submissão aos vivos ou paz para os mortos !!!

4 comentários:

  1. O nobel da guerra vai para Obama, infelizmente. O cara devia se tocar e não ir lá receber esse prêmio. Loucura total.

    ResponderExcluir
  2. É verdade caro Robson.

    Não deixa de ser interessante a hipocrisia da grande mídia:o Nobel de paz vai para quem sabe fazer a guerra...

    É muita contradição!!!

    ResponderExcluir
  3. Add nosso blog aí camarada: www.hermesmensageiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Caro Hermes.

    Dei uma olhada nos seus dois blogs e gostei muito. Vou continuar olhando e logo, logo adiciono.

    Saudações.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após moderação.