quarta-feira, 22 de julho de 2009

O 12º Congresso do PCdoB.



O PCdoB inicia seu processo congressual. De agosto até novembro serão realizadas todas as conferências municipais, estaduais e a nacional, que ocorrerá em São Paulo dias 5,6,7 e 8 de novembro. O congresso do PCdoB é sempre um momento de grande importância da vida partidária e de como as outras forças políticas observam os debates e as orientações de um partido comunista de massas. Afinal, é durante o precesso congressual que serão eleitos TODOS os dirigentes partidários: dos municipais ao comitê central.

A eleição sempre é apenas uma parte do nosso congresso. Outra parte, que define e dá parâmetros para o própria escolha das direções, são os documentos congressuais. No caso do 12º congresso são seis documentos: proposta de um Novo Programa Socialista para o Brasil; Projeto de resolução política internacional; Projeto de resolução política sobre a crise do capitalismo; Projeto de resolução política nacional; política de quadros comunistas e alterações do estatuto partidário. No conjunto esses documentos perfazem um total de 80 páginas que definirão a tática e a estratégia do PCdoB para os próximos anos. Todo militante do partido terá o direito e o dever de opinar sobre o que ali está escrtito.

Em um momento como esses, onde a política é criminalizada pela grande mídia, onde os partidos são acusados de não serem coerentes com seus programas e de serem cada vez mais regionalizados, não deixa de surpreender o volume e a qualidade da intervenção dos comunistas permeando todos os rincões do Brasil.

A resolução política sobre a crise do capitalismo é algo de primoroso. Soberba formulação sobre a caracterização da crise contemporânea. Não se resume a repetir a ladaínha de 'crise de superprodução' mas, sim, avança no que essa crise tem de singular, própria do nosso tempo. Entretanto, o centro da discussão é o novo Programa Socialista para o Brasil. É a função da existência do nosso partido. Utilizando uma terminologia lakatosiana "é o núcleo duro da nossa teoria". É o que torna nosso partido comunista. Nesse ponto foi onde mais avançamos. Há também, é claro, a resolução política sobre o Brasil, que envolve 2010.

A partir de hoje vou publicar vários posts sobre o 12º Congresso do PCdoB. Esses posts vem atender a pedidos de amigos que gostariam de saber como funciona o processo de decisão e eleição em nosso partido. Dentro dos meus limites tentarei expor aos colegas nossa democracia interna.

Quem estiver interessado em ler as teses do 12º Congresso pode achá-los no sítio: www.pcdob.org/12congresso/


4 comentários:

  1. Oi Cristiano, preciso falar com você. Me manda o teu telefone neste email: marlasilveira@yahoo.com.br
    abraço
    Marla

    ResponderExcluir
  2. É bom sabermos que já temos "soldados no front", com as armas em punho, aguardando somente a hora de avançar !!!

    Estarei ao seu lado nos campos de batalha !!!

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após moderação.