segunda-feira, 29 de junho de 2009

Golpe militar da direita em Honduras !

Insatisfeitos com o governo popular, democrático e de esquerda que o presidente Manuel Zelaya implementava em Honduras, setores da oposição de direita, militares golpistas e a grande mídia local, rasgaram a constituição, a democracia e partiram para o vale-tudo para tomar pela força o poder no país. Tropas do exército entraram na residência presidencial, atirando, sequestraram Zelaya e o conduziram a força para a Costa Rica. À tarde, o Parlamento, sem a presença dos deputados legalistas, depôs Zelaya e empossou em seu lugar o presidente do Legislativo, o então oposicionista Roberto Micheletti.

O presidente da federação Unitária de Trabalhadores de Honduras, Juan Carlos Barahona, disse à Agência Bolivariana de Notícias, em entrevista por telefone, que ''o povo vai manter a resistência'', concentrando-se diante da sede do governo e exigindo a volta do presidente eleito pelo povo em 2005.

O presidente Lula afirmou no pregrama de rádio 'Café com o presidente' que "não tem contemporização, não tem meio termo, nós temos que condenar este golpe. Nós não podemos aceitar ou reconhecer qualquer novo governo que não seja o presidente do Zelaya, porque ele foi eleito diretamente pelo voto, cumprindo as regras da democracia. E nós não podemos aceitar mais, na América Latina, alguém querer resolver o seu problema de poder pela via do golpe, porque nós não podemos aceitar que alguém veja alguma saída para o seu país fora da democracia, fora da eleição livre e direta. E o Zelaya ganhou as eleições".

É sempre a direita fascista que apela para o golpe e para a violência quando se vê contrariada nos seus interesses. Fica mais uma vez o exemplo para as forças democráticas e progressistas que o conluio entre burguesia, grande mídia e interesses extermos leva ao fascismo e ao golpe militar.


Abaixo a ditadura em Honduras !

Pelo retorno de Zelaya !

Contra os golpistas de direita, da grande mídia e do imperialismo !

4 comentários:

  1. Realmente um golpe a democracia, não somente ao povo hondurenho, mas aos governos latinos que avançam nas transformações sociais, onde a luta de classes tem se acirrado e a política tem seguido um rumo de enfrentamento contra a dominação, a exploração, a concentração de riquezas e a exclusão. Que o presidente Zelaya retorne ao cargo para o qual foi eleito pelo seu povo.
    Obrigada pela visita ao blogue mas aviso que o mesmo é amador, um laboratório.
    Abraço
    Marcia Oliveira

    ResponderExcluir
  2. Eu é que agradeço as visitas Márcia...

    O que me impressiona nessa história de Honduras é o apoio que a grande mídia golpista está dando aos fascistas. A globo mal consegue esconder seu contentamento...

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Caro Amigo
    Preciso do seu voto. O blog do Anselmo Raposo esta concorrendo a premio de melhor Blog na Categoria Politica. Click no link e dê o seu Voto.
    http://www.topblog.com.br/busca_blogs.php?tags=1727?9b205e18485586e7b34fccee9ab8d852#
    WWW.bloguedoanselmoraposo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Já votei Anselmo. Se depender de mim seu blog será escolhido.

    Saudações.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após moderação.