quinta-feira, 30 de abril de 2009

Ao 1º de maio.

Desde criança assisto pelos telejornais as manifestações do 1º de maio. Vem-me à memória aquelas passeatas gigantescas, bandeiras vermelhas, palavras de ordem em línguas desconhecidas e enfrentamentos dos manifestantes com a polícia.
Dessa vez não foi diferente. As imagens falam por si. A força dos trabalhadores em manifestações é como uma tempestade, um furacão, um vulcão... Os apresentadores (CNNN, Globo, Band News etc.) ficam sérios e se percebe no semblante um tom de gravidade no acontecimento. Mesmo depois do muro de Berlin, da propaganda sobre o fim da história, da teoria de Karl Marx ser considerada superada... Lá estão os trabalhadores e suas bandeiras vermelhas em todos os cantos do mundo.
Principalmente agora, em um período de crise de superprodução de capitais e mercadorias, onde o desemprego volta ao centro do debate na Europa, Japão e EUA, os trabalhadores se reposicionam e vão às ruas. Esse simbolismo do primeiro de maio talvez seja o mais forte ícone do século XX que passa para o século XXI.

Aos trabalhadores do mundo minha pequena homenagem.

VIVA AO DIA INTERNACIONAL DO TRABALHO !!!


4 comentários:

  1. Parabéns pelo Blog!Muito informativo e esclarecedor!
    A luta dos trabalhadores é mais evidente do que nunca! A condições históricas estão colocadas diante de nossos olhos!!As contradições estão a cada dia mais próximas de nossos lares! A luta dos trabalhadores tende a se intensificar! Viva o Dia do Trabalho e todo dia é dia do trabalhador!

    Equipe do Blog do ALMIR BRUNO!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita Almir. Vou adicionar seu blog.

    ResponderExcluir
  3. CARO CRISTIANO, CAMARADA
    SEU BLOG É ENRIQUECEDOR.
    DEVO TORNAR-ME SEGUIDOR

    QUANDO QUISER ACESSE E PARTICiPE CONOSCO.
    http://testemunhomunicipal.blogspot.com e ou
    http://britzvermelha.blogspot.com

    Josivaldo Corrêa.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Josivaldo.

    Vou acessar o blog e divulagar aos amigos.

    Saudações.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após moderação.